Nmero de mortes por Covid-19 em SP 26 vezes maior entre os n縊 vacinados

Sade | 14/03/2022 | Por Reda鈬o

Publicidade

O número de mortes em decorrência da Covid-19 entre as pessoas não vacinadas no estado de São Paulo foi 26 vezes maior do que entre as que foram completamente imunizadas. De acordo com a coluna da jornalista Mônica Bergamo, da Folha de S. Paulo, o dado consta de estudo inédito do governo paulista feito entre 5 de dezembro de 2021 e 26 de fevereiro de 2022, período em que a variante ômicron avançou no país.

O cruzamento de dados analisou 7.942 óbitos inseridos pelos 645 municípios no sistema Sivep-Gripe e constatou que “o número de mortes no período entre os 716,8 mil paulistas que não foram vacinados chegou a 2.377. Ou seja, 332 por 100 mil habitantes”.

Segundo a reportagem, entre os 38,3 milhões que completaram o ciclo vacinal e tomaram as duas doses – número equivalente 88,5% da população elegível para a vacinação–, foram registrados 4.903 óbitos. Ou seja, 13 mortos por 100 mil habitantes.

Entre os 2,9 milhões que receberam apenas uma dose foram registradas foram 662 mortos , 22 óbitos para cada grupo de 100 mil habitantes. “É mais uma evidência da importância da vacinação", disse o secretário-executivo da Secretaria de Estado da Saúde, Eduardo Ribeiro Adriano. "É também um alerta aos que ainda não tomaram a segunda dose da vacina: sempre é tempo de completar o seu esquema vacinal", completou.

Publicidade
Desenvolvido por