Doria avisa a aliados que pode desistir hoje de concorrer Presid麩cia

Poltica | 31/03/2022 | Por Reda鈬o

Publicidade

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), disse a aliados que já desistiu de concorrer à Presidência da República e que sua decisão pode ser anunciada nesta quinta-feira (31). Doria passaria hoje o comando do governo estadual a seu vice, Rodrigo Garcia (PSDB), para concorrer ao cargo de presidente.

Segundo a Folha de S. Paulo, Doria se sente abandonado pelo partido e este seria o motivo de sua desistência. Ele ainda se mostra insatisfeito com a tentativa do governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, de sabotar sua candidatura para ser ele o presidenciável tucano. O anúncio de desistência pode ser, porém, uma tentativa de forçar a cúpula do PSDB a expressar apoio a seu nome.

O governador planeja apoiar Garcia para o governo do estado, abrindo mão da reeleição. Aliados ainda tentam demovê-lo da ideia. Garcia, por sua vez, se irritou com a decisão de Doria, já que agora ele não poderá assumir o controle do governo paulista.

Doria tem tido péssimo desempenho nas pesquisas eleitorais, na faixa de 2%-3% das intenções de voto.

Doria cancelou sua agenda desta quinta-feira, mantendo, segundo sua assessoria, apenas um evento no Palácio dos Bandeirantes onde, segundo a nota oficial, "fará um pronunciamento que poderá ser acompanhado presencialmente pela imprensa". 

 

Veja a nota da assessoria:

"Ao contrário do previsto anteriormente, o Governador de São Paulo João Doria não irá mais até o Edifício-Monumento do Novo Museu do Ipiranga, ao Parque da Cidadania em Heliópolis e à B3. Apenas essa agenda da B3 está mantida, mas sem a presença dele.

Está confirmada a participação do governador apenas no 4º Seminário Municipalista que acontece hoje no Palácio dos Bandeirantes, às 16h, quando ele fará um pronunciamento que poderá ser acompanhado presencialmente pela imprensa".

Publicidade
Desenvolvido por